nCycle

Não se deixe enganar pela estética minimalista do nCycle, pois esta é uma bicicleta repleta de extras e recursos. Ela foge do clássico sistema tubular, mas mantem a estrutura oca que protege o sistema elétrico. Além disso possui um espaço interno para pequenas cargas, sistema de frenagem no guidão, faróis integrados, alto-falantes e até display holográfico. Existe também uma versão elétrica, no qual, um motor elétrico é montado ao cubo traseiro. Sua bateria fica localizada no interior do quadro, entre o selim e os pedais.

Para quem olha assim, não imagina, mas ela é uma bicicleta dobrável!!!! Continuar lendo

Anúncios
Publicado em Cotidiano, Equipamentos, Mobilidade Urbana | Marcado com , , | Deixe um comentário

Necessaire Utility Azteq

s_MLB_v_O_f_198937064_6676Encontrar equipamento leve e de pouco volume para as cicloviagens é quase um processo de garimpo. Procura daqui, dali, testa, inventa, dá-se um jeito. Ainda mais no nosso país onde não há qualquer investimento para esse nicho de ciclismo e turismo e as empresas ainda não abriram os olhos para esse mercado.

Apesar de ter tido dois modelos de necessaires de duas marcas esportivas do mercado outdoor bem conhecidas, nenhuma delas tinha um bom resultado para as minhas necessidades, pois quando fechadas ficavam volumosas, os itens não ficavam tão bem arrumados e apesar de possuírem ganchos (o que me facilitava quando precisava pendurá-las), porém quando precisava colocá-las abertas em algum lugar, ocupavam uma grande área. Não estava satisfeito com nenhuma delas. Pesquisei e achei a Utility, da marca Azteq. Continuar lendo

Publicado em Cicloturismo, Cotidiano, Equipamentos | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

Subida do Cristo está proibida

sign_095

Estive ontem (03/02/13) no Parque Nacional da Tijuca de bicicleta e fui subir o Corcovado como de costume. Pedalei até a cancela onde fica a construção do antigo hotel das Paineiras, local em que as vans ficam estacionadas e pegam os turistas para conduzi-los ao Cristo. Quando quis passar para ir até o estacionamento do Cristo, o acesso me foi negado. Segundo disseram, ele agora é proibido para ciclistas e pedestres que costumeiramente sempre fizeram esse trajeto.  Os mesmos funcionários da Bel-Tour me disseram que mesmo durante a semana não é mais permitido. Não fui o único ciclista a passar por isso. Continuar lendo

Publicado em Cicloturismo, Cotidiano | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

O preço do carro

Saiba qual o preço do carro para uma sociedade e tudo o que está por trás desse invento que a princípio é para facilitar a vida e dar conforto. Será?

Publicado em Cicloativismo, Cotidiano, Mobilidade Urbana, Vídeos | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Que coisa estranha.

Imagem

 

Inovação em sua conceituação mais básica significa novidade ou renovação. Atualmente está vinculada ao contexto de idéias, sendo a invenção que chega ao mercado. Estreita-se com o fazer mais utilizando menos recursos, incluindo técnicas e processos para a obtenção de produtos e sistemas melhorados.

Entretanto, inovação é um ato essencialmente humano. Outros animais estão sujeitos simplesmente à evolução pelo processo natural, algo darwiniano sem intenção, apenas como resultado de um jogo dinâmico e cruel. Os mais aptos sobrevivem! Isto, sem piedade.

Minha idéia de inovação passa por todos estes conceitos, mas os transcende no momento em que vejo o potencial presente quando se experimenta um universo novo, um momento desafiador, um trabalhoso caminho a ser percorrido e o resultado de nossa capacidade de criar. 

Para mim isto é liberdade. E liberdade, segundo Marilena Chauí é “a capacidade para perceber as possibilidades e o poder de realizar aquelas ações que mudam o curso das coisas, dando-lhe outra direção ou outro sentido”.

Aprender outra língua, por exemplo, é abrir-se para o novo, libertar-se. Conhecer pessoas. Um filme, uma foto. Deixar de usar o carro e adotar a bicicleta também!

Mas, um lado ruim da inovação é o preconceito!

Imagino-me vivendo em certas épocas da história humana. Segunda Guerra Mundial. Ditadura militar no Brasil. Anos sessenta. Teria muitos problemas. Subjugar! É este verbo que, talvez o homem mais conjugue. Procure seu significado e sua compreensão se expandirá. Subjugamos a nós mesmos…

Da bicicleta, sofri preconceito por usá-la. De minha imagem, sofri preconceito por mudá-la. Por meus pensamentos, sofro preconceito por verbalizá-los. Penso que estes devem ser ridículos perto dos negros, homossexuais, mulheres e crianças. 

Vejam quantas nuances tem a vontade de liberdade!

 

Giuseppe Ricardo Passarini.

 

Imagem

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Ops! Tem um alemão em meu jardim!

GEDSC DIGITAL CAMERA

Para quem acompanha o grupo do Clube de Cicloturismo do Brasil no Yahoo (http://br.groups.yahoo.com/group/cicloturismo_brasil) esta é velha. Mas, para o blog mais um “causo”.

Era fim de tarde de domingo. Retornando de um passeio com minha família, em um semáforo observei um cicloturista atravessando a avenida (a cidade é São José do Rio Preto – SP). Mais do que depressa, tentei um contato. Minha surpresa foi quando perguntei de onde vinha. Respondeu-me em uma língua que, inicialmente desconheci. Pensei: este necessita de ajuda mesmo! Parei o carro e descobri, entre outras coisas: ele é alemão, se chama Helmot, viajava há mais de um mês, partindo de Belém – PA com destino a Argentina.

Em pouco tempo ele estava no gramado de minha casa montando sua barraca. Logo depois comemos uma pizza regada a muitas histórias (não me perguntem como nos comunicamos, seu português é macarrônico e meu inglês “The book is on the table!”). Na ocasião, estava com sessenta e cinco anos. Um caminhoneiro aposentado. Sua vida… Esfriou na Alemanha? Viaja entre três a quatro meses. Esquentou? Volta para organizar a próxima. Tem no currículo África, Ásia e América. O engraçado é que só não viajou pela Europa de bike, só caminhão.

Mas foi maravilhoso, por vários motivos. Entrei em contato, mais uma vez com um cicloturista de “categoria”. Ouvir suas histórias de estrada e de vida me enriqueceu. Senti uma ótima sensação em poder dar acolhida nesta situação. Simbolicamente, foi meu debute! Depois disso realizei muita coisa com a bicicleta.

Inclusive, ela vai literalmente cruzando nosso caminho! Isso se passou em 2010. Entretanto, garanto que existem eventos atuais para serem contados. Então, coloque sua história para todos. Eles vão gostar…

Giuseppe Ricardo Passarini.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Faça você mesmo: Suporte de bicicleta

Com peças de uma bicicleta velha faça você mesmo um suporte para sua bike de todo dia

148951_434897053250175_205321999_n

Veja passo a passo como fazer: Continuar lendo

Publicado em Cotidiano, Equipamentos, Faça você mesmo (do it yoursefl - DIY) | Marcado com , , , | 1 Comentário