Desvendando a suspensão dianteira

Decidiu montar uma bicicleta ou realizar um upgrade? Vamos dar uma atenção à suspensão dianteira.

suspensao-dianteira-fox-32-f-series-rl-2011-branca-_1007

Antes de escolher uma suspensão, devemos observar algumas coisas:

  • Verificar o curso de suspensão que o quadro aceita e ver se são compatíveis (todo quadro tem uma margem, fugindo dela, a estrutura física do quadro fica comprometida, há uma fadiga e consequentemente uma ruptura);
  • O diâmetro do canote de direção, que também deve ser compatível com o quadro;
  • O comprimento do canote de direção deve ter uma sobra prevista em relação à caixa de direção.

Terminada essa análise de compatibilidade, precisamos considerar alguns fatores exclusivos da suspensão e são eles: tipo, curso, retorno, trava e sag. Vamos entendê-los:

Tipo
As suspensões podem ter 3 tipos de amortecimento: A ar comprimido, a mola ou a elastômero (uma borracha).

As suspensões a ar comprimido,  normalmente são as mais leves. Existem modelos simples e sofisticados. Estes permitem o travamento do sistema de suspensão com acionamento no guidão ou na própria suspensão.

As suspensões com mola são mais robustas e possuem mair durabilidade, além de suportarem maior impacto. Normalmente são as mais indicadas para a prática do downhill.

As suspensões com elastômero, normalmente são mais simples e usadas no cotidiano para uso urbano ou em lugares que não exijam muito da suspensão dianteira.

Curso de Deslocamento
https://i0.wp.com/www.monsterbikeblog.com.br/wp-content/uploads/2012/09/CaracteristicaSuspe_Curso.jpgO curso de deslocamento é a distância que a suspensão percorre quando aplicada uma pressão sobre a mesma. Suspensões com maior curso são mais indicadas para a prática do downhill e aquela com menor movimento para terrenos mais planos ou subidas. Algumas suspensões permitem o ajuste do curso de deslocamento.

Retorno
O retorno é o tempo que a suspensão retorna à sua posição após ter sido pressionada. Esta característica tem um papel importante no conforto da sua pedalada. Alguns modelos permitem a regulagem do tempo de retorno.

Trava
Outra característica de alguns modelos é que eles permitem o travamento do sistema de amortecimento transformando a mesma em um garfo fixo. Esse travamento pode ser útil no momento de uma subida ou Sprint, além de poder melhorar a performance e  necessitar menor esforço para pedaladas em asfalto.

SAG
SAG é a abreviação de suspension adjustments gap, que pode ser entendido como a diferença de ajuste de suspensão. Ele é responsável pela altura e rigidez da suspensão. Nada mais é do que o quanto a suspensão dianteira comprime quando você senta na sua bicicleta. Esta é uma característica importante para suspensões dianteiras a ar comprimido, pois estas permitem o ajuste do SAG.

Anúncios
Esse post foi publicado em Equipamentos e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s