Até quando?

“Não foi só o motorista do ônibus quem matou o Sr. Antônio Bertolucci, foi a CET que a apaga a sinalização que eles não são capazes de fazer, foi o Kassab, o Maluf, o Prestes Maia e seu plano de avenidas, foi a indústria do petróleo, foram as montadoras, foram as autoescolas que vem habilitações, foi a especulação imobiliária que vem expulsando a força de trabalho do centro para a periferia há décadas, foi a ganância, a corrupção e fomos nós também quando nos calamos diante de vários absurdos…” (Bruno Giorgi)

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Até quando?

  1. danielbiologo disse:

    ACORDA SOCIEDADE !!!
    A RUA É DE TODOS !!!
    RESPEITO, BOM SENSO, EDUCAÇÃO … é tão simples fazer disso uma prática … ou será que realmente falta inteligência ??? Não consigo acreditar que as pessoas não percebam isso, o pior é que qualquer um, pode ser o próximo a ser assassinado !!!
    ACORDA SOCIEDADE !!!

  2. Olavo Ludwig disse:

    Quem matou foi o Sr. Antônio, SIM, o resto forneceu as armas para ele.

  3. svicente disse:

    Só quando o movimento cicloativista conseguir atingir das autoridades públicas um nível de conscientização de que é preciso PRESERVAR a vida de quem usa a bicicleta como seu meio de transporte (e não estar “invadindo” o espaço dos motoristas nas ruas) é que vamos parar de vir aqui “chorar/lamentar/…” a vida dos companheiros. Vamos aumentar a PRESSÃO! (Em memória de Antonio Bertolucci.)

  4. Bianca Abrantes disse:

    E se fosse o Sr. Zé Ninguém…estaríamos aqui discutindo? Quantos Srs. Zé Ninguém são mortos diariamente e ninguém se pronuncia à respeito?

    • Gledson disse:

      Acredite. Zé Ninguém ou não, damos o mesmo valor, pois acima de tudo é uma vida perdida. É a vida de um ciclista!

    • Olavo Ludwig disse:

      Cada morte no trânsito abala os cicloativistas, mortes de pedestres, ciclistas e também motoristas só evidenciam a violência que vivemos no trânsito.
      O que ocorre diariamente com o SR, Zé Ninguém é que ele sempre leva a culpa, pois não anda equipado, muitas vezes na contramão, etc, assim acaba por a violência do trânsito ser relevada, pois afinal o sujeito não estava dentro das normas. Já me desgastei muito defendendo Zés Ninguém em fóruns só para registro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s